Fake News são destaque do grupo de discussão da Semana de Jornal

Jornal Jr

Palestrantes apontam o impacto e possíveis soluções para a propagação de fake news

Na manhã do terceiro dia da Semana de Jornal 2017, o grupo de discussão a respeito das “Fake News” deu início a programação. O professor do curso de jornalismo da Unesp-BauruFrancisco Rolfsen Belda, mediou a conversa protagonizada por João D’Arcadia, jornalista do Comércio do Jaú, e pelos idealizadores do Bauru Check, Victor Pinheiro e Guilherme Sette.
Belda introduziu o tema, trazendo à tona considerações a respeito das Fake News. Para ele, uma das consequências diretas de se consumir o jornalismo em um momento abalado por este fenômeno é o fato das pessoas se tornarem mais descrentes em relação a mídia, o que classifica como uma desqualificação do jornalismo. O professor apontou o “bom jornalismo” como uma forma de combate às fake news.

fake news
Jornal Jr./João Pedro Pinheiro

Victor Pinheiro e Guilherme Sette criaram, no meio do ano passado, o Bauru Check, uma iniciativa de checagem de dados públicos em Bauru. A investigação de estatísticas para atestar ou desmentir um fato surge como um dos antídotos para a problemática das fake news. Veículos como o Estadão e a Folha possuem equipes especializadas na investigação e interpretação de dados.

“Quando você se propõe a combater uma informação falsa, deve realizar um jornalismo de precisão”, atestou Victor. O cotidiano dos dois inclui acompanhar sessões da câmara, acessar bancos de dados públicos, escrever as matérias e classificá-las em níveis de credibilidade.

fake news
Jornal Jr./João Pedro Pinheiro


E de que forma os fake news conturbam o cotidiano as pessoas? O jornalista João Guilherme citou o exemplo de quando os cartórios ficaram cheios, depois da veiculação da notícia sobre uma suposta multa para quem não aderisse à biometria como título de eleitor. A notícia era falsa. Ele relata ainda como as informações falsas se misturam ao que realmente aconteceu, dificultando também o processo de produção das notícias.

João Guilherme respondeu a provocação da Semana de Jornalismo 2017 – Isso é jornalismo? Segundo ele, o jornalismo existe onde há jornalistas mediando a informação de forma consistente e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *