Jornalismo de dados e os caminhos após a graduação serão debatidos na Semana de Jornal 2017

Jornal Jr

“Isso é Jornalismo?” será tratado no terceiro dia com temáticas de checagem de dados e os rumos depois da graduação.

O terceiro dia da Semana de Jornal 2017 contará com uma programação recheada do período da manhã à noite, tendo grupo de discussão, oficinas e palestras. Temas como checagem de dados e quais rumos existem na área depois da graduação estarão em pauta no dia, deixando de lado assuntos mais tradicionais.

Iniciando a programação da quarta-feira, às 09h30 ocorrerá o grupo de discussão sobre Fake News, com João Guilherme D’ArcadiaAdriano Arrigo, do Bauru Check, veículo o qual tem como objetivo a checagem de fatos na cidade. O assunto está em alta entre estudantes e profissionais jornalistas, tendo em vista principalmente a difusão de notícias, muitas delas falsas, no meio digital dos últimos tempos.

A identificação de Fake News, e até mesmo o entendimento dos propósitos de matérias do tipo, é uma abordagem recente no jornalismo, muitas vezes pouco debatida na sala de aula, porém muito presente no dia a dia do repórter (e do público).

Ainda na manhã, às 11h30 a palestrante Renata Rizzi, cofundadora do Nexo Jornal, engenheira e doutora em economia pela USP, continuará tratando do tema sobre verificação de informações e tratá ainda a abordagem sobre jornalismo de dados.

Ambos os temas serão desenvolvidos na palestra “Jornalismo de dados e checagem de notícias”, em que a participação do público poderá, juntamente com a fala da palestrante, esclarecer questões polêmicas sobre os assuntos. A exemplificação do que é jornalismo de dados também é pouco tratada na graduação, exigindo um aprofundamento maior, e independente, por parte dos estudantes interessados nesse campo. 

terceiro dia
Renata Rizzi também é diretora de estratégia e negócios no Nexo Jornal (Fonte: Nexo Jornal)

Já na parte da tarde, as oficinas serão realizadas às 14h30 em laboratórios no Mundo Perdido (UNESP). A Oficina 1 contará novamente com a presença do Bauru Check, indo além da teoria de checagem de fatos e realizando uma introdução ao Fact-Checking no Laboratório 04, de forma prática.

Já a Oficina 2 será realizada pela Jornal Jr., com a temática “Produção de conteúdo Online”, com o foco em blog, dando uma introdução a SEO e WordPress e sendo realizada no Laboratório 09.

Para fechar a programação do dia 29 de novembro, às 19h30 na Central de Salas, Fernando Martins, jornalista atuante no Ponte Jornalismo, e Vinicius Martins, do Alma Preta, irão discutir sobre o tema “O que vem depois da graduação?”. O canal Ponte Jornalismo aborda assuntos que são omitidos pela mídia tradicional/comercial, tratando de pautas relacionadas à Segurança Pública, Justiça e Direitos Humanos. Já o Alma Preta têm como base a questão racial no Brasil, apresentando reportagens, notícias, análises e outros focos na cultura afro-brasileira.

terceiro dia
Fernando Martins (Ponte Jornalismo) e Vinicius Martins (Alma Preta) discutirão sobre os desafios após a graduação

Ambos palestrantes são formados em Comunicação Social – Jornalismo, pela Unesp Bauru e levantarão esse questionamento para o público, que persegue os estudantes de comunicação desde os primeiros anos da graduação. Problemáticas com o mercado jornalístico, inovações na área e caminhos que a área acadêmica pode oferecer são noções sobre o jornalismo que normalmente se concretizam no final da graduação.

Para mais informações sobre o terceiro e outros dias do evento, acesse a página da Semana de Jornal 2017.